<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=1902477713099717&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">
Tempo de leitura 2min
NEC
04 mar 2021

5G

O impacto do 5G na rotina do sistema financeiro

A implantação do 5G no Brasil começa a tomar forma. Com ela, se aproxima uma nova era que demanda preparação e investimentos de praticamente todos os setores. No sistema financeiro, que sempre esteve alinhado às últimas tendências tecnológicas, não poderia ser diferente. A nova geração das redes móveis vem para transformar as operações financeiras graças a sua velocidade, flexibilidade, segurança e foco no usuário.

Segundo a AT&T, “o futuro dos serviços financeiros é móvel''. Dessa forma, à medida que os aprimoramentos do 5G criam redes mais confiáveis e responsivas, eles podem ajudar os bancos e outras instituições financeiras a garantir que este futuro seja mais produtivo, eficiente e protegido. Uma pesquisa recente da empresa assegura que 81% das instituições financeiras conduziram atualizações tecnológicas em seus processos e agências nos últimos anos.

Isso deve-se à grande demanda dos usuários pela agilidade e personalização nos serviços, seguindo a tendência consolidada pelo universo dos dispositivos móveis. Apesar de ter sua conveniência provada pelo boom nos acessos e operações virtuais durante o confinamento da pandemia, a lentidão e a falta de personalização ficaram muito evidentes no online banking. Com a chegada do 5G, não apenas estas carências serão resolvidas, como se abrirá caminho a novas soluções e serviços que otimizarão a jornada do cliente.

Como o 5G revolucionará o setor financeiro?

Com a ajuda do 5G, o setor financeiro expandirá seus horizontes como nunca. Em termos de interação com os clientes, a experiência será aperfeiçoada devido à alta velocidade das conexões. Além disso, ela permitirá a criação de sites e aplicativos mais potentes, com um maior uso de vídeos e conteúdos ainda mais avançados com base na realidade aumentada (AR) e na realidade virtual. 

A excelente conectividade colocará em marcha serviços bancários inovadores de forma não presencial e por meio de diversos dispositivos como assistentes pessoais e smartwatches, além do celular. Além disto, estas redes são totalmente aptas ao gerenciamento massivo de dados, se estabelecendo como o ambiente ideal para a aplicação de inteligência artificial e, também, para diversas modalidades de autenticação biométrica, segurança contra fraudes, e mais. 

Vejamos em detalhes as inovações com as quais o setor financeiro recebe.

Coleta e gestão de dados 

Com a nova abordagem de atendimento remoto, é essencial dispor de meios eficientes para garantir uma ótima prestação de serviços 24 horas ao dia. Seja via aplicativos ou webpages, uma coleta e gerenciamento de dados eficientes são essenciais para oferecer uma experiência ágil e fluida.

Com o 5G e sua baixa latência, a coleta, o tráfego e o armazenamento de dados na nuvem se dão de maneira imediata e consistente. Assim, permite, não só um acesso mais rápido, seguro e estável às plataformas bancárias, como a implantação de inteligências artificiais. 

Os sistemas serão capazes de processar um grande volume de dados e analisar o comportamento de cada usuário em tempo real, oferecendo serviços e conselhos personalizados durante toda a sua jornada online.

Além disso, as inteligências artificiais serão capazes de gerenciar a autenticação biométrica, detectar fraudes e analisar riscos de crédito e investimentos.

Wearables 

O 5G também abrirá o leque de dispositivos utilizados na otimização das rotinas financeiras. Além do celular e do computador, o usuário poderá contar com relógios inteligentes e carteiras digitais, por exemplo.

Estes dispositivos, que já utilizavam as impressões digitais ou identificação facial para a aprovação de pagamentos no varejo, agora são capazes de efetuar novas modalidades de autenticação biométrica, como

  • Reconhecimento de voz;
  • Ou mesmo de comportamento, por padrões de digitação. 

Esta multiplicidade de dispositivos daria ao cliente, além da liberdade de escolha sobre qual dispositivo carregar consigo, da segurança adicional com comprovações biométricas cruzadas através de múltiplos modos e dispositivos.

Já no back-end, o 5G auxiliará as equipes em tarefas técnicas através de soluções de realidade aumentada, como óculos inteligentes capazes de guiar um agente na reparação de um caixa eletrônico, por exemplo.

Segurança contra fraudes 

Com um maior fluxo de transações online, as tentativas de fraude aumentam significativamente. No entanto, a baixa latência, a alta velocidade e a conectividade do 5G, habilitam complexos sistemas inteligentes de prevenção de fraudes.

Estas inteligências artificiais combinam a análise biométrica, de vulnerabilidade da plataforma e de padrões de comportamento para eliminar a probabilidade de perdas para clientes e instituições financeiras, seja por suplantações de identidade, pedidos de crédito improcedentes ou clonagem de dados financeiros.

Serviços móveis e ágeis 

Com transações substancialmente mais rápidas e ágeis, os usuários poderão executar tarefas complexas, como o pedido de uma hipoteca ou a compra de ações, de maneira praticamente imediata e intuitiva. 

As transferências e pagamentos também serão agilizados, eliminando a habitual espera entre o trânsito de uma conta à outra.

O 5G também possibilitará a atenção ao cliente por sessões de vídeo com streaming otimizado. Dessa maneira, garante aos usuários a mesma experiência de uma visita presencial ao seu gerente — sem a inconveniência e o risco sanitário de ir a uma agência física.

Para as equipes, a nova geração das redes móveis representa também uma evolução na maneira como os processos são executados nos bastidores do sistema financeiro. Com o auxílio das inteligências artificias na automatização de processos técnicos complexos, os trabalhadores poderão dedicar mais tempo às tarefas humanas, como a melhoria da experiência do usuário, por exemplo.

E não apenas a abordagem low touch é beneficiada pelo 5G. Com as novas redes mais conectivas e seguras, os caixas eletrônicos que atualmente dependem da disponibilidade de linhas telefônicas fixas, se espalharão por zonas carentes de acesso bancário, como as rurais. 

Ainda no sentido da expansão de cobertura, com o 5G será possível a implementação de caixas genéricos com acesso biométrico, capazes de integrar os sistemas de distintos bancos com a mesma efetividade de um ATM próprio.

A expertise da NEC na implementação de tecnologias prontas para o 5G 

Definitivamente, o 5G marcará um antes e um depois no sistema financeiro. Como ocorreu com outros setores, o foco das organizações deixará de estar no oferecimento de produtos e se deslocará ao oferecimento de soluções integradas, altamente personalizadas e centradas no usuário, apoiadas na conectividade das redes e na segurança.

Com as atenções voltadas às soluções criativas, a concorrência entre as instituições se tornará mais acirrada, o que trará benefícios inegáveis aos clientes e ao setor financeiro em geral. Esta nova era tecnológica acaba de começar, e muito está por vir. Poder contar com o know-how de mais de 50 anos de uma empresa líder em redes e segurança física e cibernética, com expertise de integração em projetos de alta complexidade como a NEC, pode fazer toda a diferença.  

Faça sua consulta e descubra como a NEC pode preparar o seu negócio para o mundo do futuro!

Nova call-to-action

Assine aqui!