<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=1902477713099717&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">
Tempo de leitura 2min
16 ago 2018

Tudo está bem quando termina bem

Concluindo a série de quatro textos que detalham as orientações apresentadas no documento Checklist para gerenciamento de projetos de segurança, encontrado em https://www.arcon.com.br/downloads falaremos neste artigo, sobre a quarta e derradeira fase – o Encerramento.

Tudo está bem quando termina bem

 

Faz parte do anedotário entre os profissionais que atuam com projetos dizer que “a boa notícia de todo projeto é que, um dia, ele acaba”.

A frase é verdadeira por um princípio conceitual de um projeto. Somente se qualifica um empreendimento como projeto se ele tiver um fim previsto; o que o diferencia então de um processo que é tipificado por sequências interligadas, mas sem um horizonte de término.

Infelizmente não podemos subentender que isto significa que todo projeto termina bem. Ao contrário, visto sua natureza de transformação imposta, é grande o número de iniciativas que acabam por serem abortadas ou com resultados parciais – sem atingir a completude de seus objetivos sejam por motivos técnicos, estratégicos ou organizacionais.

Por isto alguns cuidados pertinentes para a segurança e boa qualidade desta etapa merecem ser considerados a fim de maximizar seu sucesso. São eles:

  1. Garantir o armazenamento correto da documentação gerada

O armazenamento de todos os documentos e arquivos gerados pelo projeto atende duplamente aos princípios de integridade e confidencialidade da segurança da informação permitindo que os corretos envolvidos possam resgatar estas memórias conforme suas permissões e necessidades.

  1. Consolidar as lições aprendidas e alimentar a gestão do conhecimento da organização

Esta ação objetiva deixar para a posteridade todo o aprendizado gerado pelo projeto – como erros e soluções de contorno que poderão ser, financeiramente, importantes para que os projetos futuros não repitam erros já incorridos.

  1. Avaliar percepção e indicadores de satisfação do cliente ao projeto

Somente se pode evoluir se for medido o que foi feito. Assim, uma bem-feita pesquisa de satisfação do cliente servirá de parâmetro para identificar as oportunidades de melhorias a serem buscadas.

  1. Formalizar o encerramento das atividades

Este é um ato simples, mas que acaba sendo bastante negligenciado: a formalização do encerramento de um projeto, com sucesso ou não, é condição sine qua non para proteger aqueles envolvidos na execução do projeto de que as partes envolvidas concordam que o mesmo terminou, evitando que o mesmo retorne à discussão em um momento futuro onde não haverá mais agenda, orçamento etc.

Com estes devidos cuidados será possível consolidar os esforços empreendidos na execução com um mais alto nível de segurança e qualidade. E, parafraseando o dito popular possamos propagar aos envolvidos que, em projetos “a última impressão, é a que fica”.

Conclui-se assim o aprofundamento sobre algumas dicas e melhores práticas sugeridas para quatro fases das mais comuns de um projeto. Um trabalho contínuo visto as dinâmicas do mercado e corporações em um cenário globalizado, mas sempre com obediência aos princípios de realizar projetos seguros.

Bons projetos!

Arcon Serviços Gerenciados de Segurança

 

Gerenciamento de projetos de segurança

Nova call-to-action

Assine aqui!