<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=1902477713099717&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">
Tempo de leitura 2min
NEC
20 fev 2020

Tendências de IoT para o mercado corporativo

Em um levantamento recente da consultoria CI&T, os participantes afirmavam que as três principais tecnologias que trariam impacto no crescimento dos negócios seriam a nuvem, a inteligência artificial (IA) e a internet das coisas (IoT e sua variante industrial IIoT). De fato, estes três segmentos têm crescido regularmente em todo o mundo, o que gerou um círculo virtuoso de novos investimentos em melhorias, redução de preços e mais e melhores opções para os clientes. 

Em particular, a IoT se mostra um elemento particularmente interessante dentre estes três. A enorme variedade de aplicações, que vão desde o ambiente doméstico, passando pelo corporativo e chegando à indústria, aplicada aos recursos aprimorados de processamento e segurança, além de novas funcionalidades, colocaram a IoT em destaque. Por este motivo, é interessante analisar quais são as tendências mais aguardadas desta tecnologia dentro do cenário corporativo e como elas podem ajudar empresas a desempenharem melhor seus negócios.

  • Mais sinergia entre IA e IoT

Segundo previsão do IDC, até 2025 haverá mais de 40 bilhões de dispositivos IoT conectados em todo o mundo. Estes aparelhos já contam com recursos muito mais avançados de processamento e coleta de dados, fortalecendo a tendência de computação de borda, que cresce em todo o mundo. Com hardwares melhores e mais confiáveis, as próximas gerações de dispositivos de IoT serão capazes de capturar e analisar dados com mais eficiência, sem a necessidade de acesso constante ao servidor ou à nuvem para geração de informação.

Apoiados em tecnologias de IA, estes novos aparelhos conseguirão oferecer inteligência crucial para a tomada de decisão em tempo real para operações em campo, varejo, linhas de produção e muitas outras. Isso deve reduzir erros, aumentar a produtividade e gerar muito mais informações relevantes para a gestão do negócio, tornando-o mais eficiente e eficaz.

  • Ativação por voz

Mais uma consequência direta do fortalecimento do hardware de dispositivos de internet das coisas, o uso de ativação por voz deve se popularizar nos próximos anos. Embora a tecnologia, em si, já exista há algum tempo mesmo em dispositivos voltados para o consumidor final, só recentemente ela tem se tornado confiável o suficiente a ponto de ser aplicável em um nível profissional. Combinado com recursos de realidade aumentada e IA, dispositivos com uso de ativação por voz devem se tornar particularmente úteis para equipes de campo, que precisam maximizar sua mobilidade e sua eficiência.

  • Segurança aprimorada

Dispositivos IoT tendem a, cada vez mais, ser alvo de ações maliciosas de indivíduos que os exploram para acessar redes e servidores, ou até mesmo para usá-los para criptomineração ou extorsão digital. Diante disso, os fabricantes já se preparam para trazer equipamentos mais seguros, não só mais difíceis de serem explorados, mas também capazes de reconhecer e reportar comportamentos anômalos. Com novos recursos de segurança embutidos na IoT, todo o ambiente fica mais seguro e resistente contra a ação de criminosos.

Outro aspecto interessante da segurança é o uso de blockchain para transações diretamente feitas na IoT. Como este registro público é extremamente seguro, torna-se atraente o uso dos novos recursos da internet das coisas para gravação de operações nele, agilizando processos e trazendo mais opções de atuação para as empresas.

Existem muitas outras aplicações para a IoT que devem crescer nos próximos anos; o que se discute aqui é apenas uma pequena parte de tudo que esta tecnologia pode fazer para o mercado corporativo. O foco em automação, ganho de inteligência de negócios e melhoria na agilidade das operações e na tomada de decisão fomentam o desenvolvimento de dispositivos mais inteligentes, potentes e confiáveis, o que vai ajudar a moldar o cenário da internet das coisas ao longo dos próximos anos.

 

Nova call-to-action

Assine aqui!