<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=1902477713099717&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">
Tempo de leitura 2min
NEC
08 out 2021

O futuro do 5G no Brasil: Desafios e possibilidades para integrar uma cobertura maior dos serviços

O mercado está entusiasmado com a quinta geração de internet, que vem se estabelecendo em países do mundo todo. Isso porque, além de seu impacto nas conexões ao usuário final de internet, essa rede móvel proporcionará às mais diversas indústrias, desde utilities, manufatura, telecomunicação e outras, o ambiente ideal para o uso de soluções como IoT, IA e quaisquer outras tecnologias que demandam uma conexão rápida e segura para grande volume de dados. No entanto, para que as oportunidades do 5G no Brasil sejam aproveitadas em seu máximo potencial, ainda existe um longo caminho a ser percorrido. 

Um dos principais desafios da implementação de uma cobertura ampla no país está justamente no investimento em infraestrutura (torres, cabos, antenas) e  atendimento de regiões afastadas. As empresas estão diretamente envolvidas nesse contexto, já que precisarão se estruturar para esta inovação, a qual, em breve, substituirá as gerações de redes móveis anteriores.

Os desafios do 5G no Brasil

A rede 5G está prevista para estar disponível nas capitais de todo o território nacional até julho de 2022. Certamente, com este avanço, todos os segmentos do mercado irão ganhar em aumento da produtividade, melhor experiência ao consumidor e qualidade dos serviços. Isso sem contar que a expectativa é de um expressivo crescimento da economia do país. Porém, antes que esses pontos sejam aproveitados, o futuro do 5G no Brasil depende de transpor obstáculos como:

- demora na liberação de licenças de instalação de antenas pelos governos municipais e estaduais, o que dificulta o atendimento da demanda das mesmas para a implementação das redes de quinta geração;

- investimento em infraestrutura, que exigirá bilhões de reais das operadoras. - adequação das redes atuais para entregar velocidades até 10 vezes maiores necessárias às demandas do 5G.

Além desses, há outros desafios que precisam ser superados, os quais dependem de esforços conjuntos, tanto da iniciativa pública quanto privada. Porém, o estabelecimento do 5G certamente é um caminho bastante promissor para o país. 

Quais as oportunidades do 5G no Brasil

Um estudo feito pelo IDC e encomendado pelo Movimento Brasil Digital (MBD) apontou que o impulso trazido pela quinta geração de dados móveis às diversas tecnologias disruptivas vai gerar um faturamento de aproximadamente US$22,5 bilhões para o Brasil até 2024. Nesse contexto, algumas oportunidades são:

- ampliação da convergência de redes móveis: a partir da baixa latência e alta capacidade de transmissão de dados, o 5G possibilitará uma maior convergência em espaços como agricultura, fábricas, linha de produção da manufatura e trabalho de campo por equipes de utilities;

- desenvolvimento e aceleração do uso do Open RAN: o Open Radio Access Networks, movimento que visa democratizar partes da rede de telecomunicações com o objetivo de não depender completamente de grandes fabricantes de equipamentos de telecomunicações, pode ganhar ainda mais força com o 5G. Ele pode ser capaz de gerar crescimento e barateamento de infraestrutura, o que estimula a competição entre as companhias e possibilita a criação de soluções inovadoras;

- avanço do uso de tecnologias como IoT e Inteligência Artificial: com a velocidade e baixa latência do 5G, a IoT e a IA podem ser utilizadas de maneira ainda mais ampla, permitindo que indústrias adotem soluções de robótica, machine learning e outras para automatizar ainda mais sua produção.

Vale frisar que, segundo previsões da Associação Global de Operadoras Móveis GSMA, em 2025 apenas 8% das conexões móveis serão feitas através do 5G na América Latina. Ou seja, a massificação do 5G ocorrerá na região no médio prazo, porém este cenário poderá ser acelerado dependendo dos movimentos governamentais e iniciativa privada...

O avanço dessa tecnologia permitirá a evolução de conceitos como cidades inteligentes, habilitará maior colaboração entre pessoas e apoiará o crescimento do uso de soluções como IoT, IA e machine learning. 

A NEC está pronta para orquestrar todo esse contexto, pois suas equipes são preparadas para desenvolver soluções personalizadas e inovadoras, que possibilitam as oportunidades do 5G no Brasil.

Acesse o report

Nova call-to-action

Subscreva aqui!