<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=1902477713099717&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">
Tempo de leitura 2min
01 dez 2020

NEC vislumbra um futuro mais digital, colaborativo e sustentável baseado no uso inteligente de dados

Para tornar esse futuro viável, a empresa está concentrando seus esforços para oferecer tecnologias disruptivas eficientes que transformam dados em inteligência com a finalidade de atender às necessidades e expectativas em três pilares: indústria, cidades e pessoas

Teve início em 1° de dezembro o NEC Visionary Week, evento na qual a empresa japonesa apresenta sua visão de futuro. Na abertura, Takashi Niino, presidente e CEO da NEC Corporation, falou sobre a importância que as tecnologias digitais ganharam com a pandemia do Covid-19 e como a NEC, por meio da transformação digital, pode ajudar as empresas e a sociedade global a evoluírem e enfrentarem grandes desafios.

“A pandemia do Covid-19 transformou a vida como conhecíamos, destruiu práticas aceitáveis e mudou drasticamente nossos valores, colocando-nos de joelhos na busca de meios para manter a esperança, a confiança e a segurança em relação ao futuro da humanidade”, afirmou Niino. Esse momento de crise resultou na determinação da NEC de mais uma vez ajudar a transformar os desafios em oportunidades, utilizando suas tecnologia da informação e de redes, além da expertise para conectar e analisar dados a fim de atender às necessidades de múltiplos setores globais e de manter as pessoas seguras e satisfeitas, independentemente das circunstâncias.

“O único jeito de obter esse resultado é trabalharmos juntos e utilizarmos as tecnologias digitais para termos inteligência de dados capaz de assegurar confiança, segurança e eficiência à sociedade como um todo e de manter a atividade econômica forte e sustentável. A transformação digital deve beneficiar a todos – empresas, colaboradores, parceiros e sociedade”, acredita o CEO.

A visão de futuro da NEC está focada em três pilares: Indústria, Cidades e Pessoas, que estão sempre conectados entre si. “Essa conexão ficou muito evidente na crise atual, que nos impediu de trabalhar nos escritórios, de fazer compras em shoppings e limitou o acesso das pessoas a produtos e serviços que são essenciais no cotidiano. Com isso, as pessoas descobriram a relevância de garantir a produção e o suprimento para sua paz de espírito”, explicou Akihiko Kumagai, vice-presidente executivo sênior e presidente da unidade de negócios globais da NEC Corporation.

Focada nesses três pilares, a NEC tem feito uma série de aquisições e investimentos em novas tecnologias nos últimos anos. Na área da indústria, visando contribuir para a transformação digital e a sustentabilidade social, comprou duas companhias: a BanQsoft, que oferece tecnologia de ponta para mais de 50 empresas escandinavas realizarem transações de Open Banking, que beneficiam inclusive pessoas que antes não eram bancarizadas; e a Avaloq, uma empresa suíça que fornece soluções para transformação digital de empresas financeiras.

“Ao falarmos de cidades, existe hoje uma grande preocupação com segurança contra desastres naturais e doenças infecciosas, o que vem motivando os cidadãos a se preocuparem com desenvolvimento sustentável, conveniência e conforto”, afirma Kumagai. Por esta razão, a NEC investiu também na aquisição da dinamarquesa KMD, que oferta soluções de Governo Digital, e da Northgate, do Reino Unido, que é focada em soluções de TI o setor público e segurança.

Na área de cidades, a NEC tem investido também em soluções capazes de ajudar no controle e combate de doenças infecciosas e contagiosas, como a Covid-19, já implementadas, por exemplo, em cinco aeroportos do Estado do Havaí, nos EUA, que têm no turismo uma de suas principais fontes de renda e precisava garantir a saúde e segurança de seus moradores e visitantes. Outro caso abordado foi o da cidade de Gurugram City, na Índia, que havia adotado um sistema de monitoramento e controle de tráfego urbano e hoje usa essa ferramenta para detecção de aglomerações de pessoas, algo fundamental para garantir o isolamento social requerido pela pandemia.

No que concerne às pessoas, uma das maiores preocupações atuais é quanto à segurança nas movimentações e viagens, o que também é fundamental para retomada dos negócios e do turismo. Como líder neste segmento, a NEC oferece, por exemplo, soluções de autenticação biométrica, adotadas por vários aeroportos, que evitam toques e interações pessoais desnecessárias, além de trazer mais comodidade ao reduzir tempos de espera e conforto ao também auxiliar na prevenção de doenças contagiosas em toda a jornada.

Estas são só algumas das iniciativas da NEC para colocar em prática sua visão do que deseja e de como pretende contribuir para ampliar a digitalização, a colaboração e a sustentabilidade econômica e social no mundo. Nos próximos dias do evento on-line, outras ações e investimentos da companhia, de seus parceiros e clientes serão mostradas. “A NEC está engajada e comprometida com seus stakeholders a trabalhar para oferecer tranquilidade, segurança e eficiência, contribuindo para uma sociedade sustentável e para a construção de um futuro melhor para todos”, completou, com firmeza, Kumagai.

Este texto é de autoria da jornalista Clezia Gomes.

Nova call-to-action

Assine aqui!