<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=1902477713099717&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">
Tempo de leitura 2min
27 dez 2016

Muita Segurança em 2017

Quando era adolescente tinha a prática de escrever poesias no meu diário, aliás, uma prática comum entre as meninas daquela época. Diziam até que eu levava jeito para a coisa. Então, para relembrar os velhos tempos, vou me arriscar a escrever uma mensagem de final de ano, relacionando Segurança da Informação, Ano Novo, Felicidades, Realizações, entre outros votos. Lá vai!

Que em 2017...

Tenhamos mais segurança do que ataques;
Não sejam criadas novas variáveis de malware;
A conscientização e o treinamento em segurança sejam considerados com alta prioridade nas organizações;
As empresas elaborem planos contra ameaças cibernéticas;
As empresas elaborem programas para identificação de vulnerabilidades;
As áreas de Segurança da Informação sejam consideradas estratégicas e, com isso, 2017 seja um ano de sucesso, segurança e muita proteção de informações críticas.

Ao aplicarmos o “checklist da vida”, tenhamos:

Os riscos identificados, avaliados e tratados;
As não conformidades tratadas;
As oportunidades de melhoria implementadas;
E os requisitos das partes interessadas atendidos.

Após a aplicação do checklist seja emitido um relatório com evidências de:

  • Muitos sorrisos;
  • Muitos abraços;
  • Muitas realizações;
  • E, se necessário, recomeços.

Com isso, desejo que você obtenha a certificação do escopo: Amor, Felicidade e Realizações emitida pela “entidade certificadora” mais importante do mundo: a sua família.

Feliz 2017!
Um abraço, Elaine Pinto.


Fontes:
ERNST & YOUNG: 18ª Pesquisa Global sobre Segurança - Global Information Security Survey (GISS), 2016. Disponível em:< http://computerworld.com.br/63-das-empresas-brasileiras-nao-tem-planos-contra-ameacas-ciberneticas>. Acesso em 28 nov. 2016.
PWC: Pesquisa Global sobre SI, 2016. Disponível em:<http://www.pwc.com/gx/en/issues/cyber-security/information-security-survey.html>. Acesso em 28 nov. 2016.=
SYMANTEC: Relatório de Ameaças à Segurança na Internet (ISTR), 2016. 21 v. Disponível em:< http://www.decisionreport.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=22615&sid=42>. Acesso em 28 nov. 2016  


New Call-to-action

Subscreva aqui!