<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=1902477713099717&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">
Tempo de leitura 2min
NEC
15 mai 2020

Home office: como manter a segurança de seus dados trabalhando em casa

Como alternativa ao isolamento social, muitos profissionais estão trabalhando de suas casas, e, com isso, as ameaças à segurança de dados é uma crescente. São inúmeras as notícias relatando ciberataques desde o início da crise que estamos enfrentando atualmente, sendo na maioria phishing, malware e ransomware. Isso porque, os cibercriminosos estão se aproveitando dessa explosão do trabalho remoto para atacar, já que, em muitos casos, esse modelo de trabalho é novo e muitas pessoas não sabem como proteger seus dispositivos e suas redes. Além disso, é primordial que as empresas se atentem as contas privilegiadas, as gerenciando de forma adequada, com soluções que ajudam a ter esse controle, como a Gestão de Acesso Privilegiado (PAM).

Por outro lado, assim como na empresa, os colaboradores devem tomar medidas sérias para evitar vazamento de informações importantes. Nesse cenário, para que isso aconteça efetivamente, é essencial que as empresas forneçam aos colaboradores treinamentos de conscientização e boas práticas de segurança

Para auxiliar nesse momento onde muitos não sabem como agir diante desse crescimento de ataques cibernéticos, separamos algumas práticas fundamentais que vão contribuir na proteção de dados durante o período de home office. 

Recomendações a serem passadas aos funcionários:

  • Trocar senhas com frequência, de preferência por sequências longas e fortes sem significados pessoais;
  • Fazer logoff do computador quando estiver ausente;
  • Manter o antivírus instalado e atualizado;
  • Atentar-se à senha do roteador do Wifi e verificar se não está com a padrão de fábrica;
  • Atualizar aplicativos e ferramentas para as versões mais recentes, garantindo um sistema de proteção mais atualizado;
  • Preferencialmente, não utilizar pendrives e HDs externos para armazenagem de dados;
  • Incentivar o uso da nuvem corporativa;
  • Se atentar às atualizações de ciberataques através de mensagens, e-mails com links maliciosos que pedem o acesso a área de trabalho;
  • Ativar a criptografia do computador de trabalho;
  • Caso perceba que tenha alguma ameaça, avisar o gestor.

Medidas que ficam na responsabilidade das empresas para com os colaboradores:

  • Fornecer acesso à rede VPN (é a mais recomendada para proteger os dados);
  • Oferecer alternativa da utilização de máquinas virtuais para o acesso da rede corporativa;
  • Estabelecer plano de contingência da equipe, para o caso de ausência por contaminação.

Por fim, mantenha a equipe de colaboradores sempre atualizada com essas recomendações de segurança de dados, boas práticas da rotina de trabalho em casa e tenha uma equipe ou profissional disponível para auxiliá-los sempre que necessitarem. 

Levando em consideração todos esses cuidados, colocando tais medidas em prática, alguns dos riscos de segurança mais comuns direcionados ao ambiente de trabalho doméstico são evitados. Mas ainda assim é necessário acompanhar diariamente essas ameaças, cujos gestores devem estar trabalhando lado a lado com as equipes de segurança, identificando prováveis ​​vetores de ataque, fornecendo recursos de segurança adequados aos colaboradores e garantindo que todos os dispositivos utilizados estejam protegidos. Deve-se aumentar a segurança cibernética, contratando serviços e soluções que vão refletir positivamente na proteção de informações sensíveis, visando a prevenção e a detecção de ataque e se necessário, uma resposta imediata aos incidentes. Afinal, com toda essa mudança acontecendo, vale muito estar preparado para essa nova fase do mundo dos negócios, pois o home office pode gerar benefícios para as empresas e, também, para os funcionários. Sendo assim, aproveitar essa oportunidade pode ser um fator decisivo para manter-se competitivo no mercado da melhor maneira possível, e o mais importante, com a devida segurança.

New call-to-action

Nova call-to-action

Assine aqui!